Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as actualizações do blog!

4 de junho de 2013

Festival de Gastronomia Maranho e Bucho 5 a 7 de Julho de 2013 Sertã


Entre os dias 6 a 8 de Julho, os apreciadores do Maranho e do Bucho estarão certamente na Sertã para uma festa à mesa que celebra estas iguarias típicas da Beira Baixa. Um fim de semana para viver esta e outras tradições da região!
O Festival é uma ode às tradições regionais e inclui uma representação viva das tradições do concelho da Sertã, com demonstração da confecção do Maranho e de tradições e cultura popular, da produção de medronho em alambique e do pão em forno tradicional, recreação da malha do centeio, do corte de madeira à moda antiga e ainda um torneio de sueca e uma corrida de carrinhos de rolamentos!
As tradições antigas e as formas de fazer antigas passam pela mesa mas também por outras expressões culturais, como é o caso da música e da dança, que marcam igualmente presença na Sertã durante os próximos dias.Tambores de Casal de Madalena, arruada de Bandas Filarmónicas, encontros de concertinas e folclore prometem animar a festa durante os três dias.

Festival de Gastronomia Maranho e Bucho da Sertã conta ainda com os concertos de AnabelaAugusto Canário,Sem Filtro4Ever e Popxula.
Um workshop dedicado à Importância Económica da Gastronomia é outro dos eventos incluídos no programa, que pode conhecer integralmente no site da Câmara Municipal da Sertã.
O festival decorre na Alameda da Carvalha, sexta, 6, a partir das 17h30; sábado, 7, a partir das 10h00 e domingo, 8, a partir das 9h00.



Saiba como preparar o Maranho
Lava-se um bucho de cabra com água, raspando-o muito bem. Corta-se aos bocados e cose-se com linha e agulha, em forma de saco. Migam-se as carnes de cabra, presunto, chouriço, aromatiza-se com hortelã, vinho branco, azeite e sal, junta-se o arroz e deixa-se repousar de um dia para o outro. Enchem-se os sacos previamente lavados e cosidos, até meio. Fecham-se com agulha e linha e cozem-se em água abundante com sal e hortelã durante uma hora e trinta minutos. Uma receita que vai estar em demonstração e pronta para degustação este fim de semana na Sertã!


Outras iguarias à mesa
Além do maranho e do bucho, a Sertã possui outros sabores típicos que vale a pena degustar: sopa de peixe,enchidospeixe do riobroa de milho, e, nos doces, cartuxos de amêndoacoscorões e merendas doces são alguns produtos tradicionais a que se acrescentam o queijo de cabra, o queijo fresco e a aguardente de medronho.
Passeio pela Sertã
A partir da Alameda da Carvalha, onde decorre a festa, há diversos locais de interesse para descobrir na Sertã: Conheça o Castelo da Sertã, um castelo de montanha, de tipo medieval, com muralhas de xisto, que remonta ao século XII; descubra o Convento de Santo António, outrora o convento masculino da Ordem de São Francisco, que hoje funciona como museu e biblioteca e aprecie a Ponte de Pedra da Ribeira de Isna, que garantia uma importante ligação entre Idanha e Abrantes e cuja contrição remonta aos séculos I a.C. e I.
Se aprecia a frescura dos espaços verdes e à beira rio, não deixe de passear pelo Moinho das Freiras, um espaço de lazer de rara beleza, junto ao rio Zêzere; a Praia Fluvial do Troviscal, localizada na Ribeira da Sertã, a Serra de Alvelos, também conhecida por Cabeço da Rainha ou a Barragem do Cabril, no rio Zêzere, situada num vale de margens íngremes, onde dominam os eucaliptos e os pinheiros bravos.

Postagens recentes