Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as actualizações do blog!

22 de março de 2012

Lagoa de Óbidos

As várias espécies de Aves que podem ser vistas na Lagoa de Óbidos               

Flamingos na Lagoa de Óbidos



As Espécies mais interessantes:
mergulhão-de-pescoço-preto, garça-vermelha, flamingo, piadeira, frisada, frango-d'água, ostraceiro, fuselo.

Espécies Raras: mergulhão-de-pescoço-castanho, cisne-mudo, ganso-
de-faces-pretas, moleiro-de-cauda-comprida, gaivota-de-bico-riscado.




Flamingos

Mais Espécies: mergulhão-pequeno, corvo-marinho-de-faces-brancas, garça-branca-pequena, garça-real, pato-real, pato-trombeteiro, peneireiro-cinzento, tartaranhão-ruivo-dos-pauis, águia-pesqueira, peneireiro-vulgar,
borrelho-grande-de-coleira, borrelho-de-coleira-interrompida, tarambola-dourada, tarambola-cinzenta,
abibe, maçarico-galego, perna-verde-comum, maçarico-das-rochas, gaivota-d'asa-escura,
gaivota-argêntea, guarda-rios, laverca, andorinha-das-barreiras, alvéola-amarela, rouxinol-bravo, fuinha-dos-juncos, rouxinol-grande-dos-caniços, chapim-de-poupa, chapim-carvoeiro, gralha-preta
Bateiras na Lagoa de Óbidos




A Vivenda Gonçalo fica a 2/3km da Lagoa de Óbidos e a 5km da Foz do Arelho.






A Lagoa de Óbidos é um dos mais belos locais da costa ocidental de Portugal e constitui um frágil ecossistema onde diversas espécies encontram um privilegiado habitat. Numerosas aves aquáticas e migratórias podem aqui ser observadas, mas é sobretudo ao nível dos moluscos bivalves que reside a importância da fauna desta área.
Até ao final da idade média, esta estendia-se até ao sopé da Vila de Óbidos, mas a evolução da linha da costa, numa constante mutação limitou substancialmente o seu perímetro.

A Lagoa de Óbidos tem constituído uma fonte de rendimento importante para as populações locais através da pesca artesanal de diversas espécies de peixes e de bivalves, tais como, amêijoas, berbigão e cadelinhas, ao nível dos peixes salientam-se, o robalo, enguias, linguado, dourada e chocos.
A Lagoa de Óbidos é uma área de grande importância e capacidade de produção de riqueza económica, social, e por fim, talvez a mais importante de todas, a riqueza ambiental.
Sendo uma massa de água salgada, a Lagoa de Óbidos caracteriza-se por uma uniformidade da qualidade das águas e comunica com o mar por um canal chamado a zona da “aberta.
A Lagoa de Óbidos é um dos mais belos programas turísticos da região, em especial nos meses mais quentes as duas margens enchem-se de gente, atraída pela sua beleza natural.
A Lagoa de Óbidos é considerada a maior e mais bela Lagoa de água salgada da Península Ibérica é uma das maiores da Europa.

Postagens recentes